Tweet TONTON - FITNESS ADVISER: Março 2013

Se você não é intolerante a lactose, então qual o problema do leite de vaca atual?

Publicado  quinta-feira, 21 de março de 2013




Se você não é intolerante a lactose, então qual o problema do leite de vaca atual?

Vocês sabem que o mercado é cada vez mais competitivo, então uma vaca
que não está dando leite é sinônimo de prejuízo. Qual o artifício utilizado então?
As vacas são “moduladas” com HCG (hormônio da gravidez) para que ela possa
produzir mais leite e ininterruptamente. Resultado da "brincadeira": Atualmente as
vacas leiteiras vivem apenas 6 em vez de 20 anos e a produção de leite, comparada
com há 50 anos, aumentou em 250%. Só por aí já devemos imaginar que algo está
intoxicando as vacas, não é mesmo? Pois é, mas isto é apenas o começo. O Leite
de hoje também passa por um processo de pasteurização na tentativa de que sejam
removidas as bactérias e microorganismos, portanto um dos benefícios que o leite
poderia nos proporcionar, para melhorar nossa flora intestinal, se vai embora ali
também...
Para que vocês compreendam, uma das novidades da medicina para
combater e prevenir o câncer é o uso de combinações específicas de pré e pró-
bióticos, que nada mais são do que fibras e microorganismos que vivem em nossa
flora intestinal e determinam boa parte de nossa imunidade. Por isso, em geral,
aconselho o Yakult (apesar de terem manipulações completas a se fazer e que
trazem um benefício enorme para quem faz uso e realiza um tratamento).
Um dos problemas da modernização também é que o alimento da vaca já
não é mais o mesmo, estando muitas vezes contaminado com agrotóxicos e
pesticidas. Estudos encontraram a presença das seguintes substâncias nos
alimentos das vacas:
- Perclorato – bloqueia captação de Iodo prejudicando imensamente a Tireóide
- Retardante de chama – PBDEs
- Pesticidas – Disruptores endócrinos (prejudicam produção de hormônios)
- Substâncias radioativas
- Metais pesados
Devido à manipulação extrema das mamas das vacas, é também comum
hoje que elas tenham mastites (inflamação e infecção das mamas) de repetição.
Resultado? Já foram identificados nos leites diversos tipos de antibióticos (de vaca)
e isto tem sido relacionado ao aumento da resistência a antibióticos nos humanos,
ou seja, os antibióticos de outrora deixam de fazer efeito, pois o corpo já criou
resistência a certos tipos dos mesmos, ou por ter feito uso anteriormente, ou pela
ingestão “de brinde” através do leite.
Este tópico agora acredito ser aterrorizante, pois se médicos têm tanto
medo de trabalhar com hormônios, deveriam se preocupar mais com a ingestão
de hormônios estranhos ao corpo (e são divesos alimentos que têm este "poder").
Então no momento em que a vaca recebe HCG, ela se torna falsamente grávida
(prenha) e todo um processo metabólico ocorre em seu organismo. Além de produzir
muito mais leite, ela tem uma produção aumentada de hormônios. E o resultado
disto é que ingerimos leite cheio de hormônios (péssimo para o corpo de qualquer
pessoa). Já foram isolados 59 hormônios no leite, entre eles:
- 8 pituitários (hipofisários)
- 7 esteroidais (ou sexuais)
- 6 tireoidianos
- 11 fatores de crescimento

E falando em hormônios, existe um chamado de Estrona, que é um dos
tipos de Estrogênios (hormônios femininos) que está absurdamente aumentado
no leite da vaca. Estudos demonstraram que a ordenhação da vaca prenha geram
níveis de Estrona aumentados em 33 vezes, além de altos níveis de BSV (Bovino
Somatrotopina) e de rBGH (Hormônio de Crescimento Bovino recombinante) com
altos níveis de IGF-1. E ainda tem profissional que aconselha a ingestão do leite
de vaca e diz que o uso de Hormônio do crescimento humano dentro de qualquer
protocolo causa câncer... grande paradoxo, não acham?
As concentrações de Estrona no soro do leite são:
- Vaca não prenhe = 30pg/ml
- Vaca prenhe (41-60 dias) = 151pg/ml
- Vaca prenhe (222-240 dias) = 1.000 pg/ml
Agora quero que vocês saibam que Estrona é um hormônio altamente
proliferador e que em níveis aumentados no organismo traz desde prejuízos “leves”,
como proliferação de tecido gorduroso, aumento de celulite e aumento de gordura
abdominal, até outros prejuizos irreparáveis!

Spock,B & Parker,ST. Dr. Spock`s baby and child care (New York: Pocket, 1998)
http://www.patriciadavidson.com.br/noticias_texto.php?cod=29
http://www.blogdodrvictorsorrentino.com/
Briggs, RD et al. Myocardial infarction in patients treated with Sippy and other high-milk diets. Circulation 21(1960):538-42

Owusu,W; Sillet,W.C. et al. J Nutr. 1997:127:1782-7Freskanich,D.; Willet,W.C. et al. Am J Public Health. 1997 Jun; 87(6):992-7Freskanich,D.; Willet,W.C. et al. Am J Clin Nutr, 2003 Feb;77 (2):504-11.

Isobolic Cake

Publicado  domingo, 17 de março de 2013


Isobolic Cake


Ingredientes:
6 ovos inteiros tipo caipira (organico)
Quinoa – 3 colheres de sopa
Canela – pitada
Stevia – a gosto
2 scoops whey chocolate ou baunilha isobolic
modo preparo:
misturar tudo no mixer ou liquidificador (pode ser a mão tb)
Feito no microondas: 3 a 5min max.
Feito no fogão: 15 min max temp.
(Isobolic mrm – proteina natural e 100% isolada)
Marcado com:  •  •  •  •  •  •  •  •  •  • •  •  •  •  •  •  •  • 
MUSCLE CHEF TONTON
MUSCLE CHEF TONTON

Deixe uma resposta

SUFLÊ DE PEITO DE FRANGO

Publicado  



Ideal para aqueles almoços de final de semana.
INGREDIENTES:
250g de peito de frango limpo (sem pele nem nada)
100g de brócolis
4 col. de farinha de aveia (ou versão sem gluten de quinoa ou amaranto)
5 claras e 2 ovos inteiro (tipo caipira)
6 amêndoas
1 tomate
1/2 cebola
cebolinha a gosto
salsinha para decorar
MODO DE PREPARO:
Primeiro cozinhe o frango sem tempero. Espere secar bem e
coloque no liquidificador para moer. Após, coloque na assadeira (de
vidro) e acrescente a farinha de aveia (ou de trigo integral ou de
arroz ) e em seguida as 8 claras, separando a gema para o final da
receita. Depois de misturar bem, acrescentar as amêndoas
trituradas, o tomate e a cebola cortados em cubos grandes, o
brócolis e a cebolinha a gosto. Misture. Use a gema que reservada
e dê uma pincelada pra dar cor e leve ao forno. Quando a superfície
estiver corada no forno estará pronto.

Bolo protéico - baixissimo teor de carboidratos.

Publicado  


Bolo protéico - baixissimo teor de carboidratos.

Bolo Protéico com menos de 2g de carboidratos de impacto. Very Low Carb.
(Receita simples, rápida e muito saborosa)



Ingredientes:

Nozes picadas (naturais) - 20g
Amendoas laminas (naturais) - 20g
1 Dose de Whey Isobolic MRM - Sabor chocolate
1 colher rasa de sobremesa de cacau puro
4 claras de ovo caipira e ou organico.
2 gemas de ovo caipira e ou organico
canela a gosto
stévia 100% pura a gosto
2 colheres de sopa rasa coco em flocos medios ou farinha de coco natural
1 colher de sopa rasa de gordura de coco extra virgem organica

Modo de preparo:
Misture todos os ingredientes em recipiente mexa com uma colher e coloque de 3 a 5minutos no microondas.
para um bolo mais saboroso, crocante e natural, utilize o forno eletrico ou forno a gás, pré-aqueça o forno por uns 5 minutos e deixe em fogo bem baixo de 10 a 15 min.

Bolo de Caneca Protéico

Publicado  


Bolo de Caneca Protéico



Domingo à tarde você está em casa e não sabe o que comer?
Que tal fazer um Bolo de Caneca? Rápido, fácil e muito saboroso esse bolinho pode ser guardado na geladeira para futuramente você levar em seu tupperware para um lanche fora de casa.

Você irá precisar de:
Ingredientes:
1 dose de Whey Protein de chocolate (Iso-Bolic MRM)
2 claras e 1 gema. (ovo caipira ou orgânico)
5 a 8 gotas de essencia de baunilha (opcional)
1 Col. de aveia em flocos (para os que não querem glutén sugiro trocar por amaranto ou quinoa)
1 Col. de castanha amendoas picadas ou granuladas.
1 colher rasa de sobremesa de cacau puro (opcional)
Adoçante Stevita ou Stevip (opcional)

Como fazer:
modo de preparo:

Junte todos os ingredientes em uma caneca, começando pelas claras, gema, seguidas do Whey
Protein, da aveia(ou quinoa) e das amendoas por último (deixar algumas amendoas na superfície).
Em seguida leve ao microondas por 2min. (tempo médio aproximado em potência alta).

Propriedades nutricionais:

- Lanche com propriedades funcionais.
- Rico em fibras.
- Rico em proteínas de alto valor biológico.
- Baixo teor de carboidratos.
- Baixo índice glicêmico.
- Isento de sacarose.
- Livre de gluten e lactose. (cuidar tipo de aveia a maioria tem glutén, sugiro então quinoa)

Copra Alimentos Lança com Exclusividade no Brasil o Óleo de Abacate Extra Virgem - BrandPress - Release It!

Publicado  

Copra Alimentos Lança com Exclusividade no Brasil o Óleo de Abacate Extra Virgem - BrandPress - Release It!

Abusou final de semana?

Publicado  terça-feira, 5 de março de 2013

Você comeu mais do que deveria final de semana? Fechar a boca não adianta! Faça opções e escolhas saudáveis! bom senso é o segredo!

Sugestão de salada protéica para substituir almoço ou jantar:

Ingredientes:
75 g queijo feta ou minas de bufalo light;
5 tomates - cereja; (pequenos)
1 palmito picado (drenar para retirar excesso de sódiol);
orégano seco;
azeite de oliva extra virgem 0,3% ou menor;
1 pitada de sal rosa do himalaia ou sal negro do havaia.

pimenta preta (do reino) a gosto;
1/2 lata de atum solido baixo sódio; (drenar oleo ou agua)
2 Colheres de sopa de feijão branco;

Modo de Preaparo:
1. Lave e corte o tomate ao meio. Coloque-o numa vasilha.
Junte o palmito, o queijo cortados aos cubos e envolva.
2. Tempere a gosto de sal rosa, pimenta, oréganos, adicone o atum e um fio de azeite de oliva.



"O queijo feta é um produto grego tradicional que se faz misturando leite de cabra e de ovelha. Tem um gosto excepcional, uma bonita cor branca e tem baixos níveis de gordura."

"O feijão branco, consumido por alguns, como salada uma proteína chamada faseolamina, que de acordo com estudos recentes pode ajudar no processo de emagrecimento graças a Faseolamina."A